Feeds RSS
Feeds RSS

domingo, 7 de novembro de 2010

Valsar na Madrugada

Solidão... sábado a noite
Sinto falta da nossa união...
Das nossas conversas de bar...

Sinto falta das risadas mais absurdas
Das loucuras que dissemos..
Do que foi dito além das palavras...

Meu cúmplice, meu companheiro
Não quero nenhum príncipe encantado
Quero você...seu jeito...sua boca... suas palavras
Seus medos, seu choro, toda sua complexidade

Fiquei imaginando...lembrando a sensação
De como era bom ouvir você dizer que sou sua
De me desejar tão intensamente...
E valsei feliz e lindamente...pensando em nós... 



5 comentários:

Suzana Martins disse...

A madrugada e as mais palavras expostas num poema!!!

Beijos minha querida!!^^

Bonter disse...

Uma passadinha pra ler um poema e relaxar. =)

Simonepin disse...

Vivi passei aqui só pra mandar um beijo correndo, estou sem tempo!kk Bjoooo.

Simonepin disse...

Tem selinho pra ti lá no bloguito bjo!

pimbriani disse...

Já estava sentindo falta destes seus posts deliciosos, adorei e estarei sempre aqui agora que voltou, beijos

Postar um comentário