Feeds RSS
Feeds RSS

segunda-feira, 19 de abril de 2010

ENCONTRO DE ALMAS - PARTE II


A sua língua quente encostando-se à minha me fez acordar... comecei a mordiscar toda sua boca, passar a língua nos cantos dos lábios bem devagarzinho provocando-o até ouvi-lo gemer. 
Minha mão passou a ter vida própria e rapidamente entrou por baixo da camiseta, arranhando suas costas com as unhas...  Ele me imprensava cada vez mais contra o carro e nosso beijo tornou-se um beijo afoito, demonstrando toda a impaciência contida.

Naquela hora eu só queria senti-lo dentro de mim. Mas estávamos em um estacionamento dentro do aeroporto... Recobrei a razão e falei no seu ouvido que precisávamos ir.  Queria seguir com minha programação... queria que o fim de semana fosse mágico.

Saímos do aeroporto, coloquei o cd com musicas nossas e levei-o a conhecer Salvador.  Fomos à Lagoa do Abaeté, às praias de Itapuã, descemos a orla até chegar ao parque de Pituaçu. 
Tirei minha surpresa do porta mala... uma bela e grande cesta de piquenique... esta era uma das coisas que dizíamos ter vontade de fazer juntos.

Estiquei a toalha, coloquei todas as coisas que havia preparado com tanto cuidado, e nos sentamos juntinhos.  Aquela foi uma tarde realmente mágica...conversamos muito, rimos mais ainda, falamos de amores possíveis, de futuro, ele leu um pouco e eu cochilei no seu colo. 

Uma melodia chegou aos nossos ouvidos.. um xotezinho.. e fomos conferir de onde vinha a música.   O trio de forró tocando – Encosta n’eu.. dá um cheiro n’eu.. seu corpo no meu corpo deixa doido eu.... era um convite para dançarmos.  

Começamos sentindo a musica, com passos tímidos. A letra e a melodia foram nos envolvendo, e eu cantava em seu ouvido o refrão com o rostinho colado.  

Acho que todas as pessoas podiam sentir que estavam diante de dois apaixonados, duas almas em estado de êxtase.   Ele pegou minha mão e me levou para o carro com uma única certeza.. a de que precisávamos chegar logo em casa...


12 comentários:

Replay ♂ ♥ ♀ ™ disse...

Querida , adorei a magia e sutileza do conto !

a simplicidade na sua escrita , um ar de inocência ...

parabéns e obrigado por compatilhar seu belo trabalho , beijinho carinhoso

Lucimara disse...

Menina má, precisa colocar mais para o nosso deleita!
Mas está ficando bom demais...
Beijos

Lucimara disse...

Já que esta menina carente não está me vendo, mais um comentario para alegrar o seu dia...
Te adorooooooooooo!

*Mah* disse...

Vivi, não vê que assim vc está nos torturando publicando só um pedaço do conto por dia? hahahahahah

vc tem mto talento, não deixe de escrever!

beeeeijo

Anônimo disse...

Tuka

Paabens VIVI.

Fui ler a primeira parte, e agora conclui a segunda.

Não deixe de escre3ver VIVI.

Parabéns.
TUKA.

Abusada disse...

Não te disse que a inspiração tava toda aí? Ta maravilhoso seu conto. Mande logo outro capitulo!

Luan Bruno disse...

Vivi, que conto maravilhoso.
Cada dia melhor...
Coloca logo ele todo que eu estou curioso!
rs
Um bjão

Mony disse...

Encosta n'eu, dá um um cheiro n'eu, seu corpo no meu corpo deixa doido eu...
Ahh... como é bom dançar essa música bem agarradinho...Vivi não nos mate de curiosidade...rs

Nan_e disse...

Ainnnn... Essa música só me faz lembrar de alguém bem especial! :)

Adorei o texto... esperando por mais! :)

Vivi Oliveira disse...

Tá fofo Vivi, não sou boa nesse departamento kkk, mas achei muito lindinho,romântico.Agora quero ler o final kkkkkkkkkkkkkkkkkk ;) Cheiro! Vivi Oliveira

MusaNorminha disse...

Muito meigo!! queremos ver como termina!!
sucesso linda!!

fê! disse...

Parabéns Vivi, seu conto está cada dia mais delicado e contagiante! Ansiosa pelos próximos acontecimentos!
Grande Beijo!

Postar um comentário